martes, 19 de marzo de 2013

SAO PAULO: PARQUE DE IBIRAPUERA


SEGUNDA VEZ EN SAO PAULO

Como sabéis ya estoy en Sao Paulo. Llegué el viernes sobre las 12h de la noche hora española y con una hora de retraso.
Todo fue bien, el viaje, inmigración y el taxi y cuál fue mi sorpresa que desde el aeropuerto al hotel tardé una 1h más.
El tráfico? …Infernal como se puede ver en cualquier fotografía de cualquier autopista de Sao Paulo , todo lo que veáis, es real todo lo que veáis. Pero lo más sorprendente es la cantidad de personas que se mueven al cabo del día en coche o cualquier vehículo.
Después de todo esto y llegar al Hotel, en lo único que pensaba fue en descansar y es lo que hice aunque mi reloj biológico no me dejo dormir todo lo que necesitaba pues a las 4 de la mañana hora paulista ( 8h hora española) ya estaba despierta.
Ahora que ya llevo 4 días ya duermo hasta las 6h de a manha ( hora paulista).

El sábado visité el parque de Ibirapuera. Inmenso y precioso, en realidad es un parque metido dentro de la selva donde puedes ver muchas tipos de árboles, flores e inmensos bambúes.
El ambiente es muy bueno todo el mundo coincide para hacer deporte al aire libre, correr, patines… fantástico y luego su gran lago donde hay cisnes y la vista a los rascacielos es infinita.
En el otro lado del lago hay unos surtidores que dan la impresión de ser gheiseres, inmenso.
Este parque tiene diferentes puertas , las cuales están numeradas saliendo cada una de ellas en una calle o via importante. La mía es la numero 7 Avda. Líbano.

Todo el mundo pasea con lo indispensable, riñonera con llaves, algo de dinero para comprar una botellita de agua de coco y poco más. Hoy he ido y he llegado a las 7.30h de la mañana , he entrado al parque por “mi puerta” y a la derecha he encontrado un grupo de personas, en su mayoría mujeres haciendo Taichi. La verdad es que me daban envidia pero no me he atrevido a ponerme en el grupo pero el señor que dirigía el grupo y los movimientos me ha hecho un gesto de entrar y desde luego no lo he pensado ni 2 minutos.
perspectiva aérea del parque Ibirapuera
Me lo he pasado genial, he estado una hora y luego me he despedido de él dándole las gracias, me ha dicho que vinieran siempre que era bien recibida ,así que mañana allí estaré a las 7.30h otra vez.
Debo decir que son las personas más amables y  abiertas que he conocido nunca y eso ayuda a integrarte un poco y a poder “hablar” –lo pongo entre comillas porque decir que hablo portugués es un poco insulto, digamos que me limito a decir las palabras que se y lo que no pues en castellano pero ahí vuelve a aparecer la buena voluntad de los paulistas que te escuchan e intentan atenderte y ayudarte, así que creo que debemos aprender un poco de ellos en cuanto a este tema.
Bueno sin despistarnos, otra cosa que me ha sorprendido es la cantidad de mujeres que a primera hora de la mañana ya están entrenándose , sí, entrenandose con trainers , haciendo pilates, ejercicios cardio, boxing… increíble, la verdad es que me he sentido un podo “gandula” pero …. También en ese parque tenemos la posibilidad de ver entretanar a parte de la marina Brasileira, increíble porque eran un grupo homogéneo cantando y a trote, vamos solo de verlos me agotaba y yo buscando la salida 7 …. En fin.
Todos toman sus medidas de seguridad pero tengo que decir que dentro del inmenso parque hay mucha vigilancia , policías equipados con motos y con bicicletas, asentamientos donde se ubican  para dar asistencia en caso necesario.
Es obvio que cuando vas a Sao Paulo, la seguridad es necesaria e imprescindible aunque por ahora no he visto nada raro, y la vigilancia es grande dándote seguridad pero, toco madera, que aún quedan varios días de estancia.
Todo es macro, la ciudad, la extensión de las autopistas , la población, etc… es difícil moverse con comodidad y para todo hace falta coche, sin él no eres nadie, a no ser que te centres en el barrio donde vives que, todo hay que decirlo, en cada barrio hay absolutamente de todo y muy bueno.
Otra de las tentaciones que hay son las caipirinhas y los restaurantes, creo que los Paulistas sin restaurantes, sin comida no son nadie. Son familiares y los fines de semana las casas de comidas portuguesas churrasquerías, etc.. se llenan y cuidado es una ciudad cara. Yo fui a comer a un restaurante churrasquería , maravilloso, gran calidad y servicio así como el precio , pero… ha merecido la pena, así que si tenéis ocasión visitad  el fogo de Chao en el barrio de Moema , que es donde estoy.
Con un poco de suerte podéis encontrar a los corredores de F1 que acostumbran a ir cuando tienen carrera en Sao Paulo pero creo que ellos van a la del centro , que según me comentaron fue atracada hace no demasiado tiempo. Pero bueno, estas cosas ocurren.
Yo estaré en Brasil hasta el sábado, día en que me iré hacia Santiago de chile y donde estaré varios días. Ya os contaré mi experiencia.

Un beso fuerte a todos y gracias . Ayer entraron más de 100 personas y 22 eran de Brasil. Moito brigada .

Montserrat A

SECOND TIME IN SAO PAULO

As you know I am in Sao Paulo. I arrived on Friday night from 12pm Spanish time and an hour late.
All went well, travel, immigration and the taxi and I was rather surprised that from the airport to the hotel late one more 1h.
Zona para patines
Traffic? Infernal ... as you can see in any photograph of any highway of Sao Paulo, everything you see is real what you see. But most surprising is the amount of people moving within the day by car or any vehicle.
After all this and get to the Hotel, the only thing I thought was to rest and is what I did but my biological clock kept me awake all I needed it at 4 in the morning hours Paulista (8 am Spanish time) and was awake.
Now that I have spent four days and sleep until 6am on a manha (hours Paulista).

On Saturday I visited the Ibirapuera Park. Vast and beautiful, it is actually a park tucked into the jungle where you can see many types of trees, flowers and huge bamboos.
The atmosphere is great everyone agrees to do outdoor sports, running, skating ... fantastic and then his big lake where swans and the view of the skyline is infinite.
On the other side of the lake there are some suppliers that give the impression of being gheiseres immense.
This park has different doors, which are numbered out each on a street or major thoroughfare. Mine is number 7 Ave Lebanon.

Everyone walks around with the essentials, fanny pack with keys, some money to buy a bottle of coconut water and little else. Today I went and came to 7.30 am in the morning, I entered the park by "my door" and on the right I found a group of people, mostly women doing Taichi. The truth is that I envied but I have not dared to get in the group but the man who led the group and movements made me a sign to go and of course I have not thought or two minutes.
I had a great, I have been an hour and then I said goodbye to him and thanked him, he told me to come provided was well received, so tomorrow I'll be there at 7:30 a.m. again.
I must say they are the nicest people I have ever met and never open and that helps to integrate a little longer able to "talk"-I put that in quotes because I speak Portuguese is a bit insulting, let me just say the words is and what is not there because in Castilian but reappears Paulistas willingness to listen to you and try to assist you and help you, so I think we should learn a bit from them regarding this issue.
Well not mislead, another thing that has surprised me is the number of women in the early hours of the morning and are in training, yes, training with trainers, doing pilates, cardio exercises, boxing ... unbelievable, the truth is that I felt a podo "gandula" but .... Also in the park we are able to see entretanar besides Brazilian Navy, amazing because they were a homogeneous group singing and trot, let alone see them looking exhausted me and I exit 7 .... In order.
Everyone takes their security measures but I have to say that within the huge park's extensive surveillance, police equipped with motorcycles and bicycles, where settlements are located to provide assistance if necessary.
Obviously, when you go to Sao Paulo, security is necessary and essential for now although I have not seen anything unusual, and monitoring safety is giving big but, touch wood, there are still several days' stay.
Everything is macro, the city, the highway extension, population, etc ... it's hard to move comfortably and everything needed car, without it you're nobody unless you focus on the neighborhood where you live, all I must say, in every neighborhood there absolutely everything and very good.
Another temptation is there caipirinhas and restaurants, I think the Paulists no restaurants, no food are nobody. Familiar and weekends the Portuguese eateries barbecues, etc. .. fill and care is an expensive city. I went to eat at a steakhouse restaurant, wonderful, great quality and service as well as the price, but ... it was worth, so if you have time please visit the Fogo de Chao in the Moema district, which is where I am.
With a little luck you can find F1 racers tend to go when they race in Sao Paulo but I think they go to the center, as I was told was robbed not too long ago. But hey, these things happen.
I will be in Brazil until Saturday, the day that I go to Santiago de Chile and where I will be several days. I'll tell you my experience.

A strong kiss to all and thanks. Yesterday more than 100 people entered  in mujeryevolucion and 22 were from Brazil. Moito brigada.

Montserrat A

SEGUNDA VEZ EM SÃO PAULO

Como você sabe que eu estou em São Paulo. Cheguei na noite de sexta-feira das 12:00 hora espanhola e uma hora de atraso.
Tudo correu bem, a imigração, viagens e do táxi e fiquei bastante surpreso que a partir do aeroporto para o hotel tarde mais uma 1h.
Tráfego? Infernal ... como você pode ver em qualquer fotografia de qualquer rodovia de São Paulo, tudo o que você vê é real o que você vê. Mas o mais surpreendente é a quantidade de pessoas que se deslocam dentro do dia de carro ou qualquer veículo.
Depois de tudo isso e chegar ao Hotel, a única coisa que eu pensava era para descansar e é o que eu fiz, mas meu relógio biológico me manteve acordado tudo que eu precisava que às 4 horas da manhã Paulista (08:00 hora espanhola) e foi acordado.
Agora que eu passei quatro dias e dormir até seis horas em uma manha (hora Paulista).

No sábado, eu visitei o Parque do Ibirapuera. Vasto e belo, ele é realmente um parque enfiado na selva, onde você pode ver muitos tipos de árvores, flores e bambus enormes.
A atmosfera é grande todos concorda em fazer esportes ao ar livre, correr, patinar ... fantástico e depois seu grande lago onde os cisnes ea vista do horizonte é infinito.
No outro lado do lago existem alguns fornecedores que dão a impressão de ser gheiseres imenso.
Este parque tem portas diferentes, que são numerados a cada um em uma rua ou avenida principal. O meu é o número 7 Ave Líbano.

Todo mundo anda com o essencial, pochete com chaves, algum dinheiro para comprar uma garrafa de água de coco e pouco mais. Hoje eu fui e chegou a 7h30 da manhã, entrei no parque por "minha porta" e na direita eu encontrei um grupo de pessoas, a maioria mulheres fazendo Taichi. A verdade é que eu invejava, mas não se atreveram a entrar no grupo, mas o homem que liderou o grupo e movimentos me fez um sinal para ir e é claro que eu não tenha pensado ou dois minutos.
Eu tinha um grande, eu tenho sido de uma hora e então eu disse-lhe adeus e agradeceu-lhe, ele me disse para vir fornecido foi bem recebido, então amanhã eu vou estar lá em 7h30 de novo.
Devo dizer que eles são as pessoas mais legais que eu já conheci e nunca aberto e que ajuda a integrar um pouco mais capaz de "falar", que me colocou entre aspas, porque eu falo Português é um pouco insultuoso, deixe-me dizer as palavras é eo que não está lá porque em castelhano, mas vontade reaparece paulistas para ouvi-lo e tentar ajudá-lo e ajudá-lo, então eu acho que nós deveríamos aprender um pouco com eles sobre esta questão.
Bem, não enganar, outra coisa que me surpreendeu é o número de mulheres nas primeiras horas da manhã e estão em treinamento, sim, a formação com formadores, fazendo pilates, exercícios de cardio, boxe ... inacreditável, a verdade é que eu senti uma Podo "Gandula", mas .... Também no parque, somos capazes de ver além entretanar Marinha do Brasil, incrível, porque eles estavam cantando um grupo homogêneo e trote, muito menos vê-los olhar exausto e eu me sair 7 .... Em ordem.
Todo mundo tem as suas medidas de segurança, mas eu tenho que dizer que, dentro de ampla vigilância do parque enorme, a polícia equipados com motocicletas e bicicletas, onde os assentamentos estão localizados para prestar assistência se necessário.
Obviamente, quando você vai para São Paulo, a segurança é necessária e essencial para agora, embora eu não vi nada de anormal, e de monitoramento de segurança está dando grande, mas, madeira de toque, ainda há estadia de vários dias.
Tudo é macro, a cidade, a extensão da estrada, população, etc ... é difícil mover-se confortavelmente e carro tudo o necessário, sem ele você não é ninguém menos que você se concentrar no bairro onde você mora, todos Devo dizer que, em cada bairro há absolutamente tudo e muito bom.
Outra tentação é lá caipirinhas e restaurantes, acho que os Paulistas não há restaurantes, sem comida não é ninguém. Familiar e fins de semana os restaurantes portugueses churrascos, etc .. preencher e cuidados é uma cidade cara. Fui para comer em um restaurante churrascaria, qualidade maravilhosa, grande e serviço, bem como o preço, mas ... valeu a pena, por isso, se você tiver tempo, visite o Fogo de Chão no bairro de Moema, que é onde eu estou.
Com um pouco de sorte você pode encontrar pilotos de F1 tendem a ir quando eles corrida em São Paulo, mas eu acho que eles vão para o centro, como me foi dito não foi roubado há muito tempo. Mas, ei, essas coisas acontecem.
Vou estar no Brasil até sábado, dia em que eu vou para Santiago do Chile e onde eu estarei vários dias. Eu vou contar a minha experiência.

Um beijo forte a todos e obrigado. Ontem mais de 100 pessoas entraram e 22 eram do Brasil. Moito brigada.

Um Montserrat